sábado, 17 de junho de 2017

Dica de teatro: Hollywood, teatro Poeira (Botafogo)

→Ontem assisti Hollywood (original Speed The Plow), peça apresentada pela Cia. Teatro Epigenia, com Luciana Fávero, Claudio Gabriel e Gustavo Falcão. 3 atores gigantes na interpretação, texto tão veloz quanto o tempo presente, palavras sobrepostas, no festejo trágico do tudo agora e intenso: "o que você faria por uma gota de amor e um efêmero sabor de ingenuidade?", para quem for assistir, esta seria a frase síntese que eu apresentaria à Max Feldman na defesa da produção.
Teatro Poeira (Botafogo, cidade do Rio de Janeiro)
Link para o Teatro:
Teatro Poeira Hollywood
Fui assistir por conta da Rádio Roquete Pinto:
Programação Rádio Roquete Pinto
Dicas de teatro e ingressos cortesia no Programa
Revista 94 com João de Carvalho

Curtas sobre como a direita vê o mundo...

→ Publicada  em uma das revistas panfletárias de direita, a informação de que o presidente da Riachuelo (rede de lojas populares de produtos de baixo custo no Brasil), Flávio Rocha, teria dito sobre as "vantagens" que Joesley Batista e a JBS receberam na delação premiada "A sensação é de que o crime compensa". Flávio foi um dos apoiadores do Golpe no Brasil, daqueles que chamaram/promoveram/apoiaram o impedimento da Presidenta eleita Dilma e são responsáveis pela instalação da quadrilha que está no governo, pela desmoralização do país no exterior, pela crise econômica potencializada pela crise política. Tudo estava bem, até então, para Flávio: o uso de prisões preventivas como instrumento de tortura, a invisibilidade dos achaques da quadrilha do vampiro, a relação do "garoto mineiro do Rio" com o dono do helicóptero que traficava cocaína, até que os apoiadores de Cunha e Aécio não conseguiram mais esconder a sujeira embaixo do tapete... SÓ AÍ QUE FLÁVIO COMEÇOU A SENTIR QUE ATÉ PARECE QUE O CRIME COMPENSA...

→F Gagá C se pronuncia, numa frase chata como lhe é de costume: "Ou há um gesto de grandeza por parte de quem detém o poder pedindo antecipação de eleições gerais ou o poder se erode de tal forma que as ruas pedirão a ruptura da regra vigente exigindo antecipação do voto".... (Ei! Acorda! Ao menos eu peguei no sono enquanto lia esta pérola...) Esse é o jeito do tucanês dizer diretas já...Será que a companheirada está entendendo que a ideia é impedir o Lula e ganhar no voto o direito para consolidar nosso retorno à idade média?

→Não me chamem para manifestações onde as bandeiras que sempre defenderam o meu direito a manifestações são proibidas.



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Seminários de Práticas Educativas 4 - Encontros Presenciais de Integração

Promovemos, semestralmente, na UNIRIO, um encontro presencial entre estudantes da educação a distância e dos componentes curriculares de Didática e Didática: questões contemporâneas. Este semestre, este encontro acontecerá no sábado, dia 20 de maio, das 9h às 16h.

PROGRAMAÇÃO
9h – Abertura
9h30 – Mesa Redonda – “A organização escolar em ciclos”
Profa. Andréa Rosana Fetzner/Escola de Educação/Unirio
Profa. Mestre Andressa Farias Vidal/SME Niterói e PPGEdu/Unirio
Profa. Mestranda Nathália Corrêa da Silva  PPGEdu/Unirio
12h – Almoço
13h30min – Grupos de trabalho
15h15min – Plenária final no auditório
16h – Encerramento do encontro


Local: Auditório Vera Janacopulos, UNIRIO. Av. Pasteur, 296, Urca, Rio de Janeiro.

domingo, 14 de maio de 2017

Para quem está sem inscrição na Semana de Educação da UNIRIO - aviso importante

Como organizadoras da Atividade "Uma escola outra ainda é possível? Desafios em tempos sombrios" (veja divulgação abaixo), fomos comunicadas que participantes sem inscrição prévia poderão fazer sua inscrição no momento das atividades.
Neste sítio VII Semana de Educação Unirio 2017   você pode consultar toda a programação e saber quais atividades ainda não tem todas as vagas preenchidas.
Boa semana para todxs nós, o tema promete.

Andréa Rosana Fetzner
Andressa Farias Vidal
Organizadoras do Simpósio "Uma Escola outra ainda é possível?
Desafios em tempos sombrios"


Debatedorxs:

Práticas democráticas: o que consistem nas escolas e na formação de professores? Quais enfrentamentos com o neoliberalismo?

Ana Carolina Cabral, Regina  
Ana Valéria Pereira
Vera Regina Santos

Alfabetização e ciclos: quais os desafios?
Claudia Lino
Ester Assumpção
Glaucio Honório



Avaliações Externas e ciclos: quais incongruências?
Henrique Dias
Nathália Corrêa da Silva

Sexta-feira, 19 de maio de 2017, das 14h às 17h
Sala 211 do CCH, UNIRIO, Urca, Rio de Janeiro


segunda-feira, 8 de maio de 2017

Simpósio "Uma outra escola ainda é possível? Desafios em tempos sombrios" em 19 de maio de 2017, 14h sala 211, CCH, Unirio

Evento aberto a professoras e professores da Educação Básica, estudantes de todas as Universidades e gestores de redes de ensino organizadas em ciclos.
Programação VII Semana Educação

A inscrição é gratuita e deve ser realizada pelo site (apesar da data estar 7 de maio, estará liberada até 9 de maio 2017), é possível escolher, se necessário, por parte dos participantes, apenas uma das atividades oferecidas na Semana de Educação). A inscrição assegura sua inclusão como participante e o certificado após o encontro.
Inscrição na VII Semana



II Encontro dos Cursos de Formação de Professores da UNIRIO

Acontece entre 9 e 10 de maio de 2017 o II Encontro dos Cursos de Formação de Professores da UNIRIO. O Encontro é aberto para professoras e professores, estudantes de licenciatura e técnicos da UNIRIO.
A abertura é amanhã, 09-05-2017, 18h,  no auditório Tércio Pacitti (CCET/IBIO).
Mesa:
As Diretrizes Curriculares para Formação de Professores e a Base Nacional Curricular Comum
Convidados: o Profa. Dra. Lígia Machado – UFRRJ o Prof. Dr. Edgar de Brito Lyra Netto – PUC-Rio
Mediador: Prof. Dr. Marcelo Senna Guimarães
O evento continua na quarta, 10/05, tarde e noite.


quinta-feira, 20 de abril de 2017

Desafios extraordinários da democracia - próxima reunião do GEPAC

Quem assistiu o filme Capitalismo, Uma História de Amor, dirigido por Michael Moore (2009) deve lembrar do memorando do City Group, onde os mega acionistas eram alertados sobre o que seria, na opinião dos analistas do Banco, a maior ameaça da época: "uma pessoa = um voto", representada pela ideia de democracia moderna.
As políticas neoliberais (globalizantes) que esmagam os estados nacionais, associadas aos pequenos(*) escândalos de corrupção que passam a ser conhecidos pela população e insuflados pela mídia (tão empresarial e corrupta quanto os corruptores envolvidos nos escândalos) atingem a população comum (aquela que não é a corruptora) abalando a credibilidade da política partidária, assentada na ideia do voto. Será que isto é apenas uma consequência comum de uma casualidade?
"Para que votar?" (pergunta-se o povo instruído pela mídia) já que "os políticos são todos corruptos"... Ou "tanto faz em quem votar, eles chegam lá e não fazem nada pelo povo"; ou ainda "para que pagar impostos, se todo o dinheiro é roubado pelos políticos safados"... E assim a defesa da pauta oligárquica, empresarial (corruptora) e elitista: menos estado, menos imposto, menos votos, menos poder político partidário...passa a ser feita por aqueles que mais precisam do estado, dos impostos e de um sistema político partidário estruturado, lhes possibilitando acesso ao desenvolvimento do pensamento crítico e do poder de classe.
Ora, se "qualquer Partido fosse fazer a mesma coisa quando chegasse no poder", não haveria tanto empenho em conquistar o poder (do estado), mesmo que de forma ilegítima (sem voto e apoio popular) e  inviabilizar governos que se comprometem com pautas em defesa dos direitos sociais e das riquezas nacionais (Grécia, Honduras, Paraguai, Brasil, ...)
Embora possa parecer pouco, frágil ou vulnerável, mesmo a democracia representativa e moderna, baseada na premissa uma pessoa = um voto, se apresenta, para os que tudo tem e a todos controlam, extraordinariamente ameaçadora. Qual a potência dessa ameaça?
Pois nosso grupo de pesquisa, na próxima reunião do GEPAC (05 de maio), vai discutir sobre o Golpe no Brasil e suas consequências para a democracia também na escola.

Indicamos a leitura de dois textos do Livro Por que gritamos Golpe? Para entender o impeachment e a crise política no Brasil, Boitempo, 2016
1. A luta por uma educação emancipadora e de qualidade, de Tamirez Gomes Sampaio
2. Da tragédia à farsa; o golpe de 2016 no Brasil, de Michael Löwy 

(*) "pequenos" porque, embora a imprensa os trate como avultantes, assustadores ("nunca antes na história desse país se roubou tanto"... e coisas do gênero), de fato, a corrupção é pequena se comparada à exploração do trabalho de muitos por poucos detentores dos meios de produção e comunicação, espionagem e poder, que são a base do capitalismo.  Todos os escândalos de corrupção são nada, se comparados com a base que sustenta o próprio sistema, a espoliação, a concentração de renda e poder e a miséria de tantos.

terça-feira, 21 de março de 2017

Encontros ampliados do Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação e Currículo - GEPAC 2017

Encontros GEPAC – 2017

31-03  transferida para 07-04 (*)
28-04 transferida para 05-05 (**)
26-05
30-06
28-07
25-08
29-09
27-10
24-11
08-12 


(*) Buscando fortalecer as manifestações em defesa das classes populares e das trabalhadoras e trabalhadores, estamos transferindo a reunião de 31 de março para 07 de abril de 2017. Há um esforço muito grande, de todas as forças representativas desses segmentos, para que possamos parar o país e encher as ruas no próximo dia 31 de março.  Nossa próxima reunião ampliada do GEPAC será, portanto, no dia 07 de abril de 2017. Horário das 15h às 17h.
Oxalá tenhamos sorte.
(**) Isso aí pessoal, estamos em um regime de exceção, vivendo conforme dá, enquanto perdemos direitos cotidianamente. Todos à greve geral de 28 de abril de 2017.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Um sonho intenso

Documentário sensacional sobre a história política e econômica do Brasil desde os anos de Vargas. Acabei de assistir no Canal Curta! e está disponível no youtube. A perspectiva é de olhar o Brasil pela sua vitalidade, pela sua capacidade de superar o que "já está dado", seja na arquitetura, na literatura, na política, na economia.
O Documentário mostra imagens e promove análises sobre questões políticas e econômicas que contextualizam a ditadura militar, o neoliberalismo no Brasil e o governo Lula.
A linguagem é compreensível e demonstra como nossa regionalidade constrói nossa história.
Para quem vê o golpe recente no Brasil, é um importante instrumento de compreensão.
Tá aí a primeira parte, disponível no youtube.

Um sonho intenso - Parte 1

Gênero: Documentário 
Subgênero: Política 
Diretor: José Mariani 
Duração: 102 min     Ano: 2013     País: Brasil     UF: RJ 

Em tempo: comemoramos que atingimos mais de cem mil visualizações.

Podem tomar a cerveja!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

UNIRIO - Fórum de Psicanálise e Cinema em 2017 - Entrada franca

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO/PROEXC/ ESCOLA DE TEATRO)  &
 SOCIEDADE PSICANALÍTICA DO RIO DE JANEIRO (SPRJ)
APRESENTAM:
FÓRUM DE PSICANÁLISE E CINEMA
PROGRAMAÇÃO DE 2017-1
SEMPRE ÀS ÚLTIMAS SEXTAS-FEIRAS DO MÊS, DAS 18 h ÀS 22 h.
LOCAL: SALA VERA JANACÓPULOS – UNIRIO.
FILMES ANALISADOS PELO PSICANALISTA: DR. NEILTON SILVA
E PELA MUSEÓLOGA E PROFESSORA DA UNIRIO: DRA. ANA LÚCIA DE CASTRO
31/03 – TREM NOTURNO PARA LISBOA (Night Train to Lisbon)
DIREÇÃO: BILLY AUGUST, 2013, 110 min.
Um professor suíço salva uma mulher portuguesa que ia pular de uma ponte em Berna, na Suíça. Ao desaparecer, deixa seu casaco para trás e, no bolso, ele encontra um livro de um autor português, Amadeu do Prado, e um bilhete de trem para Lisboa. Decidido a mudar sua rotina, embarca em uma jornada ao seu próprio coração.

28/04 – O SENHOR ESTAGIÁRIO (The Intern)

DIREÇÃO: NANCY MEYERS, 2015, 121 min. 
A criadora de um bem-sucedido site de venda de roupas já tem mais de duas centenas de funcionários. Sua empresa inicia um projeto de contratar idosos como estagiários, e ela passa a trabalhar com Ben Whittaker, de 70 anos, que conquista os colegas de trabalho e sua chefe, que passa a vê-lo como um amigo.
26/05 – MANCHESTER – À BEIRA-MAR (Manchester by the Sea)
DIREÇÃO: KENNETH LONERGAN, 2016, 137 min.
Lee Chandler é forçado a retornar para sua cidade natal com o objetivo de tomar conta de seu sobrinho adolescente após o pai do rapaz, seu irmão, falecer precocemente. Este retorno ficará ainda mais complicado ao enfrentar as razões que o fizeram ir embora e deixar sua família, anos antes.
30/06 – O APARTAMENTO (Forushande)
DIREÇÃO: ASGHAR FARHADI, 2016, 110 min.
Um casal de atores encena a peça teatral "A Morte de um Caixeiro Viajante", de Arthur Miller. Surpreendidos com o alerta de risco de desabamento no prédio onde moram, passam a viver, em local emprestado. Rana, ao tomar banho, é surpreendida com a entrada de um estranho, e ela se machuca. O trauma afeta a vida do casal.
SERVIÇO:
HORÁRIO: FILME: 18h; ANÁLISE E DEBATE: 20 h às 22 h.
LOCAL: SALA VERA JANACÓPULOS – UNIRIO
ENDEREÇO: AV. PASTEUR, 296. FUNDOS.
ANÁLISE CULTURAL: PROF. DRA. ANA LÚCIA DE CASTRO
ANÁLISE PSICANALÍTCA: DR. NEILTON SILVA
ENTRADA FRANCA - INFORMAÇÕES: forumpsicinema@gmail.com
NOTA: Quem se interessar em adquirir o livro: Fórum de Psicanálise e Cinema: 20 filmes analisados, de autoria de Ana Lúcia de Castro e Neilton Silva, ele se encontra à venda nos dias do FÓRUM. 

HISTÓRICO: O FÓRUM DE PSICANÁLISE E CINEMA FOI CRIADO EM 1997, COMO UM PROJETO CIENTÍFICO DA ASSOCIAÇÃO PSICANALÍTICA RIO 3, PELO ENTÃO PRESIDENTE, DR. WALDEMAR ZUSMAN, E PELO DIRETOR DO INSTITUTO, DR. NEILTON DIAS DA SILVA. DESDE 2004 PASSOU A CONTAR COM A PARTICIPAÇÃO DA MUSEÓLOGA E PROFESSORA DA UNIRIO, DRA ANA LÚCIA DE CASTRO, RESPONSÁVEL PELAS ANÁLISES CULTURAIS DOS FILMES. EM 2006, A APRIO 3, ATUAL SPRJ, CELEBROU  PARCERIA COM A UNIRIO PARA SEDIAR O PROJETO MENSALMENTE, SEMPRE MUITO CONCORRIDO

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Quem vai ser responsabilizado?

Quem vai ser responsabilizado pelo que D. Marisa Letícia passou hoje? Apesar da polícia federal dizer que não há provas quanto ao tal triplex (provado está que a D. Marisa entrou na justiça para reaver o valor parcialmente pago), ela e Lula foram indiciados por Moro. Quem vai ser responsabilizado por isso? QUEM VAI SER RESPONSABILIZADO? QUEM VAI SER RESPONSABILIZADO? QUEM VAI SER RESPONSABILIZADO?
Quem vai ressarcir à Lula sua dignidade nacional e internacional? Quem vai pagar pelo que aconteceu à Dona Marisa Letícia?
Hoje, 24/01/2017, ainda ouvi de uma senhora: - todos vão presos, porque Lula não vai? Seu filho é dono da Oi e da Friboi.
Quem vai ser responsabilizado pela produção da desinformação?
Quem vai pagar pela desinformação popular?
Quem vai pagar por tanta injustiça? Quem vai pagar por tanta infâmia?
Quem vai pagar pela produção da desinformação, da ignorância,  do ódio solto nas ruas? Quem vai pagar pela entrega do Pre Sal? Pela entrega da saúde e da educação "à correção da inflação?
Que vai pagar pela quebra do país, atiçada pelo PSDB/Aécio ao dizer que o governo iria "sangrar" até cair?
Quem vai ser responsabilizado?

domingo, 22 de janeiro de 2017

Cinema pelo computador - My French Film Festival


É de graça, você se cadastra no site, pode ver e, se quiser, julgar os filmes assistidos:
Toda o ano acontece, este ano vai até o dia 13 de fevereiro. São vários filmes franceses (e co-produções), com a opção de legendas em português, que você pode assistir gratuitamente.
Inscreva-se e veja a apresentação do festival aqui:
My French Film Festival

Eu já assisti, e gostei, de "Ogros", de Léa Fehner - um grupo de Teatro Itinerante, suas relações, sua liberdade, seus dramas e comédias. Linda música, lindo espetáculo, interpretação impecável.

"Eu cobri meus lábios com obscenas oferendas
Sentada no crepúsculo, virada para o outro lado
Eu sou feita para nada, realmente
E o mundo está dentro de mim
Eu não irradio nada, realmente
E o mundo me entende
Uma mulher, uma mulher em sua janela clama
Rebelde em seu ser, em sua alma
Deixe a tempestade soprar de sua alma,
Deixe a tempestade soprar
Eu abandono meus sonhos
Eu insisto em uma pergunta
Botão-de-ouro fiel
Eu me afogo em significado
Eu realmente não quero nada
E isso é uma necessidade
Não sendo nada realmente,
Talvez seja Boa Sorte."

http://www.myfrenchfilmfestival.com/pt/movie?movie=39327

Agora estou com pressa, vou fazer pipoca, pegar uma gelada e partir para o próximo.
#MaratonaMyFrenchFilmFestival